Como escolher um sofá confortável

Como escolher um sofá confortável. Ao longo do tempo de publicação no nosso conteúdo deparamos-nos com muitas pessoas que não sabem o que procurar para ter um “sofá confortável”. Quando procuramos um sofá confortável procuramos um sofá ergonómico.

O conforto do sofá divide-se em vários factores, dimensões, enchimentos e revestimentos.

Como escolher um sofá confortável: Dimensões


Escolher sofá confortável
As dimensões do sofá são muito importantes para a escolha de um sofá confortável, o assento do sofá é muito importante, é a zona do sofá que suporta a maior percentagem do nosso peso. Mediante esta informação vamos desejar uma superfície agradável de estar várias horas, como se consegue tal?


Altura do assento
Para começar devemos escolher a altura ideal, a altura deverá ser idêntica ou ligeiramente inferior, comparada com a distância entre o solo e o nosso joelho na parte posterior, isto para que as nossas pernas fiquem em descanso absoluto. Desta forma iremos assentar o nosso peso numa base ideal.

Profundidade do assento
A costa do sofá deverá estar a um distância suficiente para assentar o restante peso do corpo. Essa distância é bastante importante, se for demasiado grande ficamos com os pés no ar, se for demasiado pequena escorregamos do sofá. Então a distância deverá ser idêntica ou ligeiramente superior em comparação ao joelho até o fundo da coluna.


Altura da costa do sofá
A altura da costa do sofá é importante, a altura da costa do sofá fará todo o acompanhamento da nossa costa. Caso o acompanhamento seja desfavorável será pouco confortável a medida da costa deverá pelo menos acompanhar até ao pescoço desde o funda da nossa coluna.

Como escolher um sofá confortável: Enchimentos

Os enchimentos de uma forma resumida devem ser fofos mas não demasiado, passo a explicar.
O assento do sofá uma vez que exerce grande suporte de peso, deverá ser um enchimento com alguma resistência para não se afundar por completo no sofá. No entanto também não deverá ser demasiado rijo o meio-termo é o ideal.
Na costa do sofá poderá ser muito mais suave no entanto deverá ter enchimento suficiente para proporcionar um conforto agradável das suas costas.

Como escolher um sofá confortável: revestimento

O revestimento é tão importante como o resto dos elementos até agora referidos.
O enchimento poderá variar mediante a sua escolha, pele genuína, tecido e pele sintética. A ordem que coloquei parte do material mais nobre descendo na sua categoria de qualidade.

Pele genuína
A pele genuína é o mais nobre dos revestimentos mas mesmo entre elas há distinção. As peles mais espessas possuem uma durabilidade maior, no entanto as peles genuínas mais finas possuem maior conforto. O ideal é o meio-termo. O custo das peles normalmente se torna mais dispendiosa quando são mais finas devido a um maior número de processos em que passa.
Fácil de limpar, exige um cuidado mais elevado, a pele deve ser hidratada para não perder toda a flexibilidade característica. O facto de ser impermeável ajuda na sua própria preservação em relação a líquidos.


Tecido
O tecido é um material muito diverso, existem vários tipos de tecido em relação a sua textura. Os tecidos devem ser analisados em relação a sua resistência a fricção. Este tipo de revestimento deve ser impermeabilizado para prevenir manchas. A impermeabilização funciona melhor em tramas fechadas. A temperatura dos tecidos varia consoante o estilo próprio e as condições a que são submetidos.

Pele sintética
Este é o material de revestimento mais barato, este tio de revestimento já se torna impermeável é desnecessário gastar dinheiro em produtos para impermeabilização. Um pano húmido é suficiente para remover sujidade e liquido que possa drenar sobre o sofá. A nível de durabilidade é sem duvida o material com menos resistência ao uso diário.